10/12/2017

Renato II

Faz depois de amanhã um mês que o meu amigo Renato está internado. Lembro-me bem de como estava no dia em que entrou e como está hoje. Está melhor e ainda bem, mas não sei quando o visitarei fora daquele lugar. Levo-lhe chocolates, queques de laranja, chá de menta, frutos secos, um ou outro livro e cigarros. No outro dia levei-lhe um pequeno rádio a pilhas para que possa ouvir (a sua) música, os olhos brilharam de emoção e contentamento.  No meio da adversidade e do momento difícil que atravessa, tem mantido intactas as características que me fazem gostar dele - ajuda os outros, não suporta ver quem passa dificuldades e tem um coração bom. 

Neste Sábado meio chuvoso e frio voltei a desenhá-lo. Levei-lhe os chocolates que me pediu e pilhas para o rádio. Levei também de presente um pequeno bolo rei para o João, que de pronto partilhou comigo e com o Renato. Fui desenhando e escutando as conversas. Por entre coisas vagas e tantas vezes sem sentido, disse algo que não resisti a escrever, e que se aplica a cada um de nós nesta jornada mágica a que chamamos vida. 

"A mim só me interessa saber uma coisa da minha memória e do meu passado (...) que é saber se eu fiz coisas boas e não coisas más."

The day after tomorrow turn a month that my friend Renato is hospitalized. I remember well how he was the day he came in and how he is today. It's better and I´m happy with that, but I do not know when I'll visit him out of that place. I bring him chocolates, orange muffins, mint tea, dried fruit, a couple of books and cigarettes. The other day I gave him a pocket radio so he could hear (his) music, his eyes sparkled with emotion and excitement. In the midst of adversity and the difficult of the moment he is going through, he has kept intact the characteristics that make me like him. He help others, can not stand still watching others with difficulties and has a good heart.

On this rainy and cold Saturday, I drew him again. I bring the chocolates he asked for and batteries for the radio. I also brought a small cake to João, which he shared with me and Renato. I was drawing and listening the conversations. Among things vague and so often meaningless, I said something I did not resist writing, that applies to each of us in this magical journey that is called life.

"I just want to know something about my memory and about my past ... which is to know if I have done good things and not bad things."


06/12/2017

Alcobaça

Cada vez me custa mais começar um novo desenho...
It's getting harder for me to start a new drawing ...



25/11/2017

Renato

- De todas as vezes que aqui te vier visitar vou trazer este caderno, até que um dia me deixes desenhar.
- E porque me queres desenhar?
- Porque gosto de registar no meu caderno as pessoas de quem mais gosto.
- Não quero que me desenhes neste lugar, nem com este pijama.
- Mas eu posso-te desenhar só a ti, sem desenhar o lugar. E posso trocar esse pijama por uma t-shirt preta dos Iron Maiden. Tu é que decides.
- Outro dia, pode ser que outro dia te deixe desenhar.
(...)

- Dentro desta mochila trago os chocolates que me pediste, e trago novamente o caderno, a ver se hoje me deixas desenhar-te.
- Por acaso gostava que me desenhasses, mas no quarto não, podemos ir para a sala?
(...)

O Renato é meu amigo à 32 anos. E mesmo perante vidas tão diferentes e distantes, continua a ser um dos meus melhores amigos. Para ele eu também sou, e infelizmente um dos poucos. Está a viver talvez um dos momentos mais difíceis da sua vida, mas não o mais difícil. Até aposto que coisas ruins e muito difíceis que já lhe aconteceram na vida foram piores que esta, e às quais, com dificuldade, resistiu. Acredito que cada um de nós nasce com um número de coisas boas, e também coisas ruins, destinadas a acontecer durante a  vida. Por enorme infortúnio acho que lhe calharam as coisas ruins que estavam destinados a outros, por troca das boas que deveriam ser suas por direito.

Vou voltar a levar o caderno de todas as outras vezes que te for visitar, gostava tanto que nesse lugar não fosse mais nenhuma...

- In all the times that I come here to visit you, I'll bring this sketchbook, until one day you let me draw.
- And why do you want to draw me?
- Because I like to register in my sketchbook the people that I like the most.
- I do not want you to draw me in this place, and not in this pajama.
- But I can draw you  without drawing the place. And I can change those pajama to a black Iron Maiden t-shirt. You decide.
- Another day, maybe I'll let you draw me.
(...)

- In this bag I bring the chocolates you asked for, and I bring the sketchbook again, to see if you let me draw you today.
- I think I might like if you  draw me, but not in the bedroom, can we go to the living room?
(...)

Renato is my friend since 1985. And even with such different and distant lives, he remains one of my best friends. For him I am also, and unfortunately one of the few. He is living perhaps one of the most difficult times in his life, but not the most difficult. I even bet that bad and very difficult things that have happened to him in his life were worse than this, and to which, with difficulty, he resisted. I believe that each of us is born with a number of good things, and also bad things, destined to happen during life. Out of great misfortune, I think that he got the bad things destined for others, replaced for the good things that should have belonged to him by right.

I'm going to take the sketchbook back every time I visit you, I liked it so much that in this place never more...




19/11/2017

Concurso para logótipo Simpósio Porto 2018

Data limite para apresentação das propostas é 30 de Novembro. Não percam a oportunidade de participar e ganhar um workshop pass para o evento do ano.

Mais informações AQUI:




15/11/2017

International Symposium Porto 2018 - Call for Programming

post-feature-image

Estão abertas as candidaturas para workshops e apresentações Skit Sketch, para o Simpósio do Porto.
Não percam a oportunidade!

Para mais informações clicar neste LINK

The 9th Urban Sketchers Symposium is in Porto, on July 18-21, 2018. We are seeking proposals for Workshops, Demonstrations, and Skit Sketch by Friday, December 15, 2017 (11:59 p.m. GMT). Selected proposals will be announced in January. 
More information in this LINK

12/11/2017

10 anos de Urban Sketchers

O meu desenho para celebrar 10 anos de Urban Sketchers. A Rita Catita em versão psicopata...
My drawing to celebrate 10 years of Urban Sketchers. Rita Catita in a psico version...


10/11/2017

Rio Grande

Esta quarta feira fui almoçar com o João Catarino e o Sílvio Menendez, ao restaurante Rio Grande na Rua Cor de Rosa. Comemos todos iscas à portuguesa e bebemos vinho tinto. Conversa e companhia da boa!

This Wednesday I went to lunch with João Catarino and Sílvio Menendez, at Rio Grande restaurant on Rua Cor de Rosa. We all ate Pork liver and drank red wine. Good conversation and friends!